Retirada de médicos da policlínica regional da Engenhoca revolta a população que depende do serviço.

No meio dessa polemica saída dos profissionais cubanos do programa mais médicos nestas ultimas semanas, que gerou muita preocupação com relação aos atendimentos em regiões mais afastadas dos grandes centros urbanos e interior do Brasil. A população da cidade de Niterói, especificamente do bairro da Engenhoca, zona norte, foi pega de surpresa, por um problema aqui bem perto também coincidentemente ligado à saúde pública.

A prefeitura de Niterói em uma atitude sem motivos suspendeu os contratos dos médicos pediatras, sem dar explicações para a população, fato este que revoltou alguns usuários do serviço pelas redes sociais.

A moradora do bairro do Barreto, também na zona norte, Laís Moura Brandão de 36 anos disse: “É incrível, venho de outro bairro com a esperança de ter o atendimento para minha filha e me deparo com a informação de que não tem médicos pediatra”.

Já o cozinheiro Pedro Souza de 47 anos, se assustou com o fato de ter que ir para o Getulinho com seu filho para ser atendido! “… não é possível, como isso pode estar acontecendo, ir até o Fonseca para ser atendido é algo que não estavam nos nossos planos, o atendimento também precisa ser aqui no posto de nossa região”!

A prefeitura de Niterói até o momento não esclareceu o motivo da retirada dos médicos da policlínica. Porém a mesma deixa claro que o emergencial  pediátrico pode ser feito no Getulinho.

Por Redação ZN Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo ao shopping ZN, fique a vontade, realize suas compras com segurança e rapidez! Dispensar