De acordo com Witzel, o comando vermelho está sem munição, afirma o governador.

Wilson Witzel , governador do Estado do Rio de Janeiro, esteve nesta sexta feira (28) em um evento sobre os primeiros 180 dias do governo, onde o mesmo afirma que o comando vermelho está sem dinheiro para comprar munições.

No pronunciamento o mesmo diz que: “A informação que eu tenho do comandante da Polícia Militar é que o Comando Vermelho está sem munição. Parabenizo o trabalho da Polícia Rodoviária Federal, que está evitando que chegue aqui armas e munições, especialmente munição. Isso demonstra que já começou a asfixia. Um outro aspecto importante também que é essa investigação, já está em operação, bloqueios financeiros estão sendo realizados e o tráfico começou a perder dinheiro, tanto que eles começaram a explodir caixas eletrônicos.”

Os dados apresentados apontam para a diminuição de 24% nos roubos de veículos este ano e de 21% no roubo de carga. Também houve de janeiro a maio de 2019 aumento de 23% no número de prisões, 15% na apreensão de drogas e 36% na apreensão de fuzis.

O número de homicídios dolosos diminuiu 24,3% na comparação com o mesmo período de 2018, com um total de 1.753 assassinatos intencionais em 2019 contra 2.316 nos primeiros 180 dias do ano passado. Já o número de mortes provocadas por agentes do estado saltou de 614 para 731 no mesmo período, um aumento de 19,1%.

Ele anunciou a construção de dez presídios, com capacidade para 50 mil vagas, ao custo de R$800 milhões. Segundo o governador foram presas 21 mil pessoas no primeiro semestre do ano. Entre os destaques dado pelo governo na área de infância e juventude está a criação de 420 vagas no Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), para a internação de menores que cumprem medidas socioeducativas.

Por Redação ZN Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *