Novo itinerário da linha de ônibus 42, revolta Moradores do Barreto.

Uma mudança no itinerário de uma das linhas de ônibus está deixando insatisfeitos os moradores do Barreto, na Zona Norte de Niterói, que já foi o maior bairro industrial da cidade. Eles dizem que o transporte deixou de atender aos usuários da região, obrigando os passageiros a caminharem por um longo trecho até o ponto.

No início de agosto, a Niterói Transportes e Trânsito (NitTrans) publicou uma portaria informando as alterações do itinerário da Linha 42T, da Viação Brasília, que em seu lugar passou a operar a linha 42R, operada pelo Consorcio Transnit.

“Mais uma linha que foi parar na engarrafada Rua Dr. March. Tem muitas pessoas que estão reclamando no bairro e não querem mais que o ônibus vá por fora como acontece com a alteração da rota como é feita na altura do Tio Sam, quando ele sai em direção da Rua Benjamin Constant. Vamos providenciar um abaixo-assinado reivindicando a volta da linha, porque a que hoje está lá não resolve”, lamentou o advogado Alessandro de Mendonça Alves, de 45 anos.

Ele reclamou ainda que os ônibus que rodam no Barreto estão sucateados. “São veículos com mais de 10 anos de uso, sem pintura decende e de baixíssima qualidade. Nós, moradores do Luiz Palmier, dos prédios do condomínio Neo Niterói e Ventura, entre outros não aquentamos mais essa situação. Já ligamos para a empresa e reclamamos para os próprios motoristas, que tiram o corpo fora”, declarou o advogado.

Procurada, a Auto Viação Brasília disse que “provavelmente a maioria das reclamações recebidas no início da semana foi devido a um tiroteio ocorrido no bairro do Fonseca, que ocorreu um “nó” em todo trânsito de Niterói”.

A empresa disse que trabalha pontualmente de acordo com as reclamações para melhor atender a linha 42T, recentemente alterada. “Já foi solicitado a Prefeitura e a Administração Regional do Barreto que nos auxilie a solucionar o problema do estacionamento nos dois lados da Rua Guimarães Junior com a Rua Dr March, de forma a melhorar o tempo no percurso da referida linha”, informou a empresa. Já referente a manutenção dos ônibus, a viação disse que é feita diuturnamente. E, ao contrário do que os moradores afirmam, disse que “não existe a baixa qualidade dos ônibus”.

Segundo a Prefeitura, a mudança de itinerário da linha 42T foi autorizada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Mobilidade, após estudos que apontaram para uma sobreposição com outra linha da região em parte do seu percurso no bairro do Barreto. “A mudança foi decidida em comum acordo com a Secretaria Regional do Barreto e com a empresa que mantém a concessão da linha. O prazo máximo da frota de ônibus, em Niterói, é de 10 anos. A Secretaria notificou o consórcio, já que alguns veículos estão próximos do vencimento”, disse em nota.

Por Wellington Serrano AtribunaRJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *