Acusado de estupro no Rio, é preso por policiais de Niterói.

Segundo a Delegacia de Fonseca (78ª DP), responsável pela prisão, o cozinheiro desempregado foi encontrado com base em investigações desenvolvidas na apuração de crime. Ele foi condenado a 9 anos de prisão em regime fechado por ter abusado sexualmente de um menor, à época com 13 anos de idade.

O criminoso ainda trocava o silencio do menor por pequenas quantias em dinheiro, o que manteve os abusos em sigilo por um longo período. Ainda de acordo com as investigações, as investidas aconteciam na própria casa da avó, aproveitando circunstâncias favoráveis e momentos de distração para que ela não percebesse.

Segundo a polícia, ele aproveitou a amizade e confiança que mantinha com a avó materna da vítima, vizinha do autor, na Favela de Manguinhos, foi então que ele passou a aliciar o menor e praticar abusos sexuais com frequência.

O preso foi encaminhado ao sistema penitenciário, ele iniciará o cumprimento da pena imposta pela justiça.

Os policiais localizaram o foragido da justiça em uma barraca de camelô instalada em frente ao Hospital Souza Aguiar, Centro do Rio.

Por Redação ZN Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *