REAL IRREAL

Negro…
Como se fosse
uma madrugada
sem lua.

Sofrido…
Como se fosse
um dormente
de trem.

Discriminado…
Como se fosse
um objeto comum.

Desmobilizado…
Como se fosse
uma traça.

Entristecido…
Como um ser
que não tivesse
o direito de sorrir.

Morto…
Por nascer debaixo
de uma discriminação racial
em um país
que diz não tê-la.

Truck Tumleh
www.kurt.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *