Dois mortos no Caramujo, depois de troca de tiros entre PM e traficantes

Informações de agentes de segurança, afirmam que os policiais do DPO, ao ouvirem os tiros vindo em sua direção, solicitaram reforço a uma outra equipe policial. Os mesmos afirmaram que durante o acionamento, os policiais relataram não identificar se os tiros estavam sendo feitos na direção do DPO ou se criminosos estariam atirando indefinidamente, sem alvo preciso.

Mais duas equipes se juntaram no local, próximo ao Centro Esportivo, e ao encontrarem os criminosos que estavam atirando, inclusive na viatura policial, o confronto deu inicio ao intenso tiroteio. Dois suspeitos foram baleados e com a chegada do Corpo de Bombeiros, constatados como mortos.

Os corpos foram levados pela própria viatura, ao Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), onde foi feito o registro de atendimento, além da perícia. O 12º batalhão afirmou que os agentes não puderam esperar a chegada da equipe de perícia da Polícia Civil, justamente por estarem em uma área conflagrada, os Bombeiros também não removeram os corpos.

A PM afirmou ter aprendido com os supostos criminosos, duas pistolas calibre 9mm, 13 munições, drogas e dinheiro. Contabilidade feita pelos agentes afirma que havia 100 invólucros de maconha, 72 papelotes de crack, 147 papelotes de cocaína, cinco papelotes sem especificação, além de R$ 63,05 em espécie.

O caso foi registrado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG).

Por Redação ZN Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *