POETA por Kurt Helmut

Eu sou o poeta…
Talvez diferente de muitos
já conhecido por você.

Mas eu sou poeta…
Aquele que não fala ou fala…
Aquele que não olha ou olha…

É eu sou poeta…
No centro olhando os cantos
em um dos cantos
vendo o centro
e os outros cantos.

Felizmente eu sou poeta…
Não me cobre por isto.
Nasce uma flor…
Nasce um pássaro…
Nasce uma criança…
E tudo surge:
a água, o vento e o poeta…
Eu sou a poesia.

Truck Tumleh
www.kurt.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *